loading1
loading2
alt

E se...? A Intolerância da Incerteza

CATEGORIA

Terapia Cognitivo-Comportamental Terapia Individual Psicoterapia

AUTORA

Daniela Rocha IJzerman

Regularmente eu leio um artigo que gosto e que considero relevante para a psicoterapia. Eu o resumo e discuto como o considero relevante para os clientes em meu blog. Você tem perguntas, comentários ou sugestões para outros artigos a serem lidos? Deixe um comentário abaixo do post. 

Discussão do artigo Intolerance of uncertainty as a transdiagnostic mechanism of psychological difficulties: a systematic review of evidence pertaining to causality and temporal precedence

A intolerância da incerteza como um mecanismo transdiagnóstico de dificuldades psicológicas

O meu chefe acabou de dizer que quer falar comigo. E se eu fiz algo errado? E se ele quiser me demitir? E se eu não conseguir encontrar outro emprego? Estes pensamentos se encaixam num conceito psicológico chamado "intolerância da incerteza", que é definido como um desconforto ao pensar em um evento futuro e não saber o que esperar dele. Mesmo que todos nós possamos experimentar algum certo nível de desconforto quando nossos chefes querem falar conosco, para algumas pessoas, o fato de não saber o que irá acontecer é acompanhado de maior estresse do que para outras. A intolerância da incerteza é relevante para os meus clientes, pois este é um conceito central para a Terapia Cognitiva Comportamental, uma abordagem que utilizo nos atendimentos. No entanto, o quão certa é a evidência por trás desse conceito e o que a (falta de) certeza significa para mim como terapeuta? 

Os psicólogos têm tentado identificar se a intolerância da incerteza é uma causa ou uma conseqüência. A intolerância da incerteza pode, por exemplo, ocorrer como um resultado de uma quantidade excessiva de preocupações. Você viu muitos de seus colegas sendo demitidos nos últimos meses e isto lhe causa muito estresse. Você será o próximo? Você vai manter seu emprego? O que acontecerá com sua hipoteca? Perder seu emprego afetará sua família? Quando as pessoas ao seu redor estão perdendo o emprego e seu chefe quer falar com você, um alarme de perigo pode soar para você, sendo difícil talvez lidar até mesmo com este simples pedido. 

Há outra explicação para a intolerância da incerteza. Talvez você tenha criado expectativas negativas em situações imprevisíveis como esta. Na noite antes de viajar pela primeira vez para outro país, você mal conseguia dormir porque estava tentando imaginar se seria capaz de encontrar seu hotel, como conseguiria se comunicar em um lugar onde não conhecia o idioma e muitos outros detalhes que poderia encontrar durante sua viagem. Todas estas expectativas foram formadas porque da última vez que você viajou para um país diferente, você foi assaltado. No momento em que você se vê diante de uma situação imprevisível novamente, sua mente se ocupa de tentar resolver problemas que podem nunca acontecer. Afinal, o assalto da última vez aconteceu por acaso ou o país para onde você vai viajar agora é muito mais seguro do que para onde você viajou da última vez. 

Como terapeuta é crucial que eu entenda com o que estou lidando quando falo com um cliente, pois quero ajudar as pessoas a lidar melhor com a intolerância da incerteza e a ansiedade que a acompanha. Saber o que vem primeiro significaria ter acesso a intervenções mais eficazes, pois elas podem ser direcionadas diretamente ao que se sabe estar causando e mantendo os problemas. 

Nesse artigo Intolerance of uncertainty as a transdiagnostic mechanism of psychological difficulties: a systematic review of evidence pertaining to causality and temporal precedence, o Dr. Benjamin Rosser analisou estudos tentando entender qual é a causa e quais são as conseqüências. No geral, o Dr. Rosser encontrou algumas evidências apoiando a idéia de que a intolerância da incerteza causa sintomas de ansiedade, como preocupação e pensamentos catastróficos. Talvez sem surpresas a partir dos exemplos que dei anteriormente, ele também encontrou evidências apoiando um efeito bidirecional entre a intolerância da incerteza e os sintomas de ansiedade (por exemplo, a ansiedade levando à intolerância da incerteza). O Dr. Rosser concluiu que a presença de inconsistências entre os estudos analisados não permite conclusões absolutas na direção causal. 

Implicações para os clientes que atendo em terapia

O Transtorno de Ansiedade Generalizada é tratado com freqüência tendo a intolerância da incerteza como foco das intervenções. O Transtorno de Ansiedade Generalizado em si é caracterizado pela presença de preocupações excessivas. Dentro desses protocolos, a intolerância da incerteza é às vezes considerada como sendo responsável por manter a preocupação até mesmo a níveis patológicos. Not knowing what will happen in the future leads many of my clients to think about the worst possible outcomes and to engage in attempts to solve all of these catastrophic scenarios. In the end, this can lead a client to freeze in trying to resolve any of these scenarios. 

My goal when working with these clients is to help them experience a broad range of uncertain daily life situations without the constant feeling of threat. In order to achieve that, we work on trying to change some beliefs about unpredictable situations. We also do exercises in which they deliberately try to act differently than they typically would when unfacing uncertainty. By doing this, my clients gather new information for their own lives. Building up new experiences provides them with new strategies when dealing with uncertainty. 

Limitações na aplicação do estudo à terapia e Conclusão

A pesquisa do Dr. Rosser me ajuda a entender que não é um dado que vem em primeiro lugar, o contexto situacional ou as experiências de vida de alguém. Como terapeuta, preciso fazer uma avaliação clara do contexto para entender quando se trata de experiências anteriores e quando se trata da situação atual. 
Talvez o medo de ser despedido estivesse sempre presente na vida do meu cliente, mesmo quando ele estava em um ambiente de trabalho seguro. Ou meu cliente geralmente já espera o pior das situações da vida cotidiana, mesmo que as coisas normalmente acabem bem para eles. Alternativamente, suas preocupações podem ser o resultado de uma incerteza genuína sobre o ambiente. Embora as preocupações possam ser uma tentativa de estar preparadas para diferentes resultados possíveis, elas podem acabar privando-os da confiança de que precisam para lidar com os problemas quando actually ocorrem.  É aí que espero apoiar meus clientes da melhor forma possível.

Foto de Andrew Neel extraída do site Pexels

Premium WordPress Themes Download
Premium WordPress Themes Download
Download Nulled WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
lynda course free download
download lenevo firmware
Download Nulled WordPress Themes
udemy free download

DEIXE UM COMENTÁRIO

@ 2021 All rights reserved. Mentions légales